PÚBLICO - ALVO DA SUA ÓTICA

Atualizado: 8 de jul. de 2021


Olá amigos, é sempre um prazer escrever para nosso mercado óptico e desta vez, preparei um conjunto de conteúdos de grande importância para os gestores do varejo óptico.


Falo da importância de determinar o público-alvo da  sua loja, ou seja, reconhecer de forma clara e preferencialmente profunda quem são as pessoas para qual você vende. E se a resposta é "eu vendo para todo mundo" já lhe adianto que está errado, segundo Kotler Philip (2000), o início de tudo o que fazemos e como fazemos em uma organização parte inicialmente do público alvo definido, portanto é "pedra fundamental" da estrutura e estratégia de vendas de um negócio.

"O processo deve começar tendo-se em mente um público-alvo bem definido: possíveis compradores dos produtos da empresa, usuários atuais, pessoas que decidem ou influenciam; indivíduos, grupos, públicos específicos ou o público em geral. O público-alvo exerce uma influência fundamental nas decisões do comunicador sobre o que, como, quando, onde e para quem dizer." (Kotler, 2000)


Então vender para todo mundo significa não saber para quem está vendendo ou sequer entender para quem se deve anunciar, agradar, relacionar ou desenvolver serviços, produtos e soluções personalizadas. Sem conhecer o grupo de pessoas que estão interessadas em sua ótica, você naturalmente não saberá o que elas gostam ou detestam e assim navega as cegas sem saber como encantar seus clientes. 


Perceba que os clientes sempre escolhem os produtos e serviços de acordo com sua visão pessoal de valor, sabemos que o valor percebido por óculos, lentes e armações são totalmente voláteis de pessoa para pessoa, isso de acordo com sua cultura, classe social e fatores psicossociais. 


Como cita, Keller (2006), o sucesso de um produto ou serviço, está relacionado aos níveis de satisfação que um comprador alvo pode perceber.

"O produto ou oferta alcançará êxito se proporcionar valor e satisfação ao comprador-alvo. O comprador escolhe entre diferentes ofertas com base naquilo que parece proporcionar o maior valor."

Com estas claras evidências de que os clientes tem gostos pessoais e cada grupo de pessoas com características em comum tendem a se comportar e se satisfazer com valores e soluções semelhantes, "horas!?, fica mais do que óbvio que as óticas precisam mais do que determinarem qual é seu público alvo, mas também estudá-los de forma profunda para criar soluções e valor que os encante. 

Parece que quanto mais estudamos e conhecemos o público-alvo da ótica, mais se pode criar pontos de interesse a eles, e por ventura, mais vendas e resultados.


Por isso produzi uma série de vídeos falando sobre este tema, e vou disponibilizar de forma gratuita no meu grupo do TELEGRAM para EMPREENDEDORES ÓTICOS. Faça parte deste grupo e confira: https://bit.ly/telegram_Empreendedor_otico





108 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo